ABOUT TO REACH

Langue

Você sabe se comunicar nas mídias sociais?

As mídias sociais cresceram ao longo dos anos e se tornaram fundamentais na vida da maioria dos brasileiros. Mídias sociais nada mais são que:

“Sites e aplicativos que permitem conexão e interação entre os usuários. Também conhecidas como redes sociais, as mídias sociais mais populares atualmente são Facebook, Youtube, Instagram e WhatsApp.”

Fonte: Resultados Digitais

Essas redes sociais estão tão presentes em nossas vidas, que tenho dados para comprovar. O primeiro deles é que:

62% da nossa população está conectada através das redes sociais
 

Isso mesmo! São 130 milhões de brasileiros utilizando as redes sociais. Além disso:

O brasileiro gasta, diariamente, 9 horas e 14 minutos navegando na Internet

 

O Brasil é o terceiro país no mundo que mais passa tempo conectado. Em primeiro lugar estão os tailandeses e, em segundo, os filipinos. Muita coisa não é mesmo?

Além de passarmos boa parte do nosso tempo na internet, 

mais de 3 horas que gastamos na Internet são para acessar as redes sociais.

 

Fontes: We are Social

E porque trouxe todos esses dados?

Ferramentas do mundo digital surgem constantemente e devem ser aproveitadas, estudadas e adaptadas para a realidade de cada empresa, seja para gerar mais lucro ou melhorar resultados. As marcas que não acompanham as evoluções tecnológicas e do mercado, são deixadas para trás pela concorrência. 

E as mídias sociais são ótimas ferramentas para gerar maiores oportunidades de vendas, recompra, conversões e melhorar o relacionamento com o cliente. 

Tenho certeza que você tem conta em pelo menos uma principais redes sociais que dominam o mercado como Instagram, Facebook ou Linkedin. Mas será que a sua empresa está dentro dessas redes sociais?

Será que o seu perfil corporativo está aproveitando adequadamente as oportunidades que cada uma dessas mídias pode proporcionar? E mais importante: será que você está se comunicando de maneira efetiva em cada uma dessas redes sociais?

Vamos falar sobre cada um das principais mídias sociais que as empresas e os brasileiros utilizam e te dar dicas de como sua empresa pode se comunicar em cada uma delas para atingir maiores resultados. 

Facebook

Segundo o Statista

O Brasil é o 3º país com o maior número de usuários do Facebook. São mais de 130 milhões de usuários!

 

Esse já é um bom argumento para que sua empresa esteja no Facebook, não é mesmo?

Pode-se dizer que é uma ferramenta muito popular e, mais que isso, muito estável. O que significa que apesar do surgimento de outras redes sociais, o investimento das empresas no Facebook continua sendo muito relevante e as chances de engajamento também.

As páginas empresariais são uma ótima maneira de manter o contato com o cliente e se tornar conhecido por possíveis novos consumidores. 

Dicas de comunicação

Como toda mídia social, é importante produzir conteúdo relevante e que chame a atenção do leitor, fazendo com que ele interaja com seus posts seja curtindo, comentando e/ou compartilhando. 

O uso de palavras-chave e de gatilhos mentais são uma ótima técnica para aumentar o engajamento. Por exemplo, se você tem uma empresa que vende sapatos e quer aumentar o engajamento no Facebook é importante usar palavras e sentenças que os consumidores querem ouvir, como: desconto, promoção, oferta… 

Sorteios são uma ótima maneira de aumentar a autoridade da marca. Incentiva as pessoas a marcarem os amigos, curtir e compartilhar. Assim, você aumenta o alcance da sua página de maneira orgânica, ou seja, sem precisar pagar por isso. 

Seguindo o exemplo da empresa de sapatos, você também pode disponibilizar dicas e conteúdos que ajudem o seu consumidor a, por exemplo, limpar sapatos de couro, cuidar bem de uma bota de couro, etc.

Lembre-se: 

  • Os textos não podem ser muito grandes e precisam acompanhar imagens e/ou vídeos para que atraia a atenção do consumidor;
  • O texto precisa estar bem divido em sentenças e parágrafos curtos; 
  • O uso de emojis é importante para deixar o texto mais informal e descontraído;
  • Imagens, gifs e vídeos engajam mais do que texto, no entanto, é importante que haja texto acompanhando esses conteúdos dinâmicos. 

Além disso, É possível utilizar chamadas para levar o leitor para um link externo, seja para o site da empresa, posts para o blog ou landing pages.

Instagram

O Instagram é uma rede social voltada para o visual.

Com 1 bilhão de usuários ativos por mês, a plataforma tem mais de 500 milhões de usuários que acessam a plataforma todos os dias. 

Fonte: Stadista

O Instagram cresceu muito nos últimos anos e se tornou uma plataforma de grande destaque. Como sua principal característica é a imagem, o ideal é apostar em imagens atrativas e relevantes para o seu usuário.

Essa plataforma é um pouco menos flexível que o Facebook no que diz respeito a realizar ações externas à rede social.

Enquanto o Facebook permite inserir links em uma publicação encaminhando o usuário para o site da empresa, posts para o blog ou landing pages, o Instagram torna essa dinâmica impossível, pois a ferramenta não permite a inserção de links.

Por isso, defina uma estratégia que seja adequada a essa plataforma. 

Dicas de comunicação

Se no Facebook a dica é utilizar menos textos, no Instagram a quantidade deve ser ainda menor.

Uma boa métrica é o número de palavras. O ideal é de 70 a 100 palavras. 

Então lembre-se: 

  • Abuse de imagens e vídeos interativos. Por ser uma rede social visual, quanto mais aprimorado forem suas artes e vídeos, maior a taxa de engajamento;
  • Pouco texto, muito conteúdo. Crie conteúdos para diferentes formatos, ou seja, posts no feed, stories, vídeos no IGTV e, agora, a mais nova funcionalidade, o Reels;
  • Crie conteúdos que engajem, informem e eduquem. Como o Instagram não permite o uso de links em postagens, o ideal é que os conteúdos sejam breves, mas que consigam suprir as expectativas e dúvidas do usuário;
  • Assim como no Facebook, convide os seguidores para comentar, marcar os amigos ou salvar o post para mais tarde para que possam interagir com a sua marca.  

LinkedIn

O LinkedIn é a rede social corporativa mais utilizada para gerar oportunidades de negócio. Ela possui, atualmente, mais de 675 milhões de usuários. 

 

Se nas duas outras redes vimos que a regra era pouco texto, nessa é totalmente o contrário. Por ser uma rede social de negócios, é mais importante ainda falar sobre temas relevantes e desenvolvê-los de maneira mais específica possível. 

As páginas empresariais do LinkedIn devem ser bem claras e objetivas, e o engajamento aqui é mais específico em conquistas do time, eventos dos quais a empresa participou e conteúdo de reflexão e aprimoramento sobre aprendizados que o meio corporativo proporcionam. 

No entanto, nessa mídia social, tão importante quanto estar alinhado e ativo o perfil empresarial da empresa, é importante que seu perfil pessoal também esteja ativo e esteja produzindo conteúdo relevante, alinhando seu meio corporativo e profissional. 

Essa rede tem uma própria ferramenta de publicação de artigos no perfil pessoal. Há um ranqueamento de melhores artigos realizada por uma curadoria do próprio LinkedIn. Essa curadoria elege os melhores artigos e os deixa em destaque na plataforma.

Lembre-se:

  • Fale sobre os valores da empresa e compartilhe as conquistas na página empresarial;
  • Evite ser superficial. Escreva textos empáticos e mais “humanos”;
  • Compartilhe e crie conteúdos voltados para a sua realidade profissional. Fale das dificuldades do mercado, experiências que viveu, lições que aprendeu;
  • Quando for falar de produtos e serviços na página da empresa, use sempre uma estratégia de conversão para levá-lo a um material mais aprofundado ou fazer orçamento no site.

Se quiser saber mais sobre como se comunicar nessa plataforma, é só baixar o nosso ebook Guia Prático: Comunicação no LinkedIn. 

WhatsApp

O WhatsApp é uma das mídias que mais tem crescido e aumentado suas funcionalidades para atender negócios: o WhatsApp Business. Por isso escolhi colocar essa plataforma na lista. 

Com mais de 1,5 bilhões de usuários em todo o mundo, o Brasil é o segundo maior mercado do serviço. 

Fonte: G1

Muitas empresas aproveitam a ferramenta para se comunicar com seus clientes, mandar promoções e estabelecer um relacionamento mais próximo por meio de um contato contínuo.

Essa é uma boa estratégia, porém deve ser feita com cuidado, principalmente na hora da escrita. 

Apesar de ser um contato mais próximo e, consequentemente mais informal, é importante manter os textos sem erros gramaticais, ortográficos e de escrita.

Lembre-se!

O contato deve ser feito a partir de textos pequenos e fáceis de ler, oferecendo conteúdo realmente relevante para o leitor. Caso contrário, o consumidor irá bloquear o seu número e nunca irá comprar de você. 

A última coisa que o seu cliente quer é ter uma empresa mandando mensagens irritantes no seu Whatsapp que deveria ser uma mídia social de descontração com amigos.  

Diferente do Instagram e do Facebook, em que não é possível alterar muito a formatação do texto, no WhatsApp você deve utilizar negrito, itálico e outros recursos gráficos. 

Crie uma estratégia que se adeque a essa plataforma e crie conteúdos que sejam extremamente relevantes como divulgação de promoções, itens exclusivos, materiais gratuitos, ofertas, testes grátis, etc.

Por último, mas não menos importante: Persona

Para que sua escrita seja de fato efetiva em cada uma dessas mídias, é preciso tocar em um assunto bem importante: a Persona!

Isso mesma, ela será o seu guia na comunicação adotada pela sua empresa e será a responsável por abordar e criar laços com os seus consumidores. 

Por mais que cada plataforma tenha uma estrutura específica, é importante manter a mesma linguagem e conhecer bem o seu consumidor. É por meio da Persona que você saberá em quais mídias sociais o seu público está mais presente e em quais você deve gastar seu tempo e dinheiro.

Vamos voltar para o exemplo da lojas de sapatos. Ao construir a Persona, o dono da empresa pode descobrir, por exemplo, que o seu público:

  • É predominantemente feminino; 
  • Se encontra mais no Instagram e no Facebook;
  • Gosta mais de saltos altos de uma marca x;
  • Tem dificuldades em combinar acessórios e roupas devido ao modelo e cores de sapatos. 

A partir disso, é possível criar várias estratégias direcionadas e específicas e evitar gastar dinheiro em mídias que não irão gerar resultado, aumentando as chances de acertos em campanhas que de fato interessam o seu público. 

Última dica: evite estar presente em plataformas que não agreguem valor nem resultados para a sua empresa. 

Se quiser saber mais sobre a Persona, baixe nosso e-book Guia Completo: Criação de Persona!

Os benefícios de apostar em uma boa comunicação nas Mídias Sociais

As mídias sociais são ótimas para aumentar o engajamento da empresa e marcar a presença digital. Porém, não adianta estar presente nessas mídias se a sua comunicação não é efetiva. 

Uma boa comunicação e um bom planejamento de mídias sociais permite:

  • Se destacar no mercado ao ter um contato mais contínuo com seus consumidores por meio das redes sociais;
  • Fidelizar clientes ao estar presente nos canais de comunicação que eles utilizam e se comunicar de uma maneira que eles entendem;
  • Aumentar o tráfego de páginas no site ao ter uma estratégia de mídias focada em chamadas para conversão;
  • Melhorar oportunidades de vendas pois os clientes se sentem mais seguros ao ver as atividades constantes da empresa; 
  • Aprimorar o relacionamento com os clientes ao analisar as métricas de cada plataforma e entender melhor as necessidades dos consumidores.

Agora que você já sabe como utilizar cada plataforma e que tipo de comunicação adotar em cada uma delas, basta estruturar um bom cronograma de postagens para trabalhar a periodicidade de postagens e os objetivos que você deseja obter!

E se você já posta conteúdos, porém não vê retorno em suas estratégias sugiro que leia o texto Criação de conteúdo: estratégias efetivas para a sua empresa

Leave Your Comment