ABOUT TO REACH

Langue

5 Dicas para UX Writing

Em constante mudança, as técnicas de escritas tem se expandido e atualmente o forte tem sido a UX Writing. 

Uma escrita breve, objetiva e direta, facilita a comunicação da sua marca com a sua empresa, otimizando a jornada do cliente.

Aqui nesse post você saberá 

  • Como essa técnica é feita
  • Diferença da Copy e Ux Writing
  • Sua importância
  • 5 dicas para praticar

Separamos imagem explicativas e também ebook gratuito!

Definição UX Writing

Para entender o significado de Ux Writing vamos segmentar essas duas palavras.

O termo Ux é uma sigla em inglês para se referir à “Experiência do Usuário”, enquanto Writing corresponde à palavra “Escrita, também no inglês. 

Juntando os dois termos vemos que é uma prática voltada para otimização da experiência do usuário por meio da comunicação escrita.

A interface e a maneira com que o usuário interage com o conteúdo são parâmetros essenciais para atingir resultados efetivos. 

Essa técnica se encarrega de selecionar todos os elementos que facilitarão a jornada do leitor.

Porém, esses elementos são escolhidos e dispostos de forma estratégica a partir de uma análise profunda de Persona, Tom de Voz e mercado.

Onde aplicar Ux Writing

Podendo ser aplicado em todos os textos, o Ux Writing é utilizado majoritariamente em plataformas digitais.

Também conhecida como Microtexto, sua função é de desenvolver uma mensagem objetiva e bem clara aos usuários. 

Para que assim haja um fluxo de engajamento maior. 

Portanto a limitação de espaço pode dificultar essa técnica, porque na maioria das vezes é utilizada em sites, por isso, que a UX Writing é engajada ao setores visuais como projetos de designer e arquitetônico.

Além do mais, essa técnica é utilizada em redações, blogs, mídias sociais e e-mail de marketing. Ou seja, se há comunicação, você pode utilizar essa estratégia textual.

Com isso, os profissionais de Ux Writing, precisam se atentar não só a correção gramatical, mas considerar os fatores da semântica que são bem relevantes a persona e tom e voz também.

Pois o foco dessa técnica é adequar o texto de acordo com a interface que está sendo utilizada pelo usuário.

Por isso, é de suma importância ter definido a Persona da sua empresa. Para te auxiliar melhor na sua definição de persona deixamos aqui um ebook gratuíto.

Diferença entre Copy e Ux

Olhando de longe o UX Writing se assemelha com o Copywriting, mas quando nos aproximamos desses dois termos, percebemos a diferenças dessas duas técnicas.

Mas a diferença desses dois métodos se dá na sua finalidade.

  • Copywriting: Uma escrita referente a criação de conteúdos utilizados nas publicidades e toda a área de marketing, a fim de estimular e influenciar os usuários a tomarem uma certa ação.
  • UX Wrinting: Procedimento de escrita inclinada nas escolhas de termos e expressões encontradas em produtos digitais, como os aplicativos, blogs, chatbots e sites. O centro da escrita é oferecer uma experiência satisfatória ao usuário na utilização do produto através de aplicativos, websites, entre outros.

Para detalhar melhor apresentamos a seguinte figura:

Aqui vale ressaltar que não existe uma técnica melhor ou pior que a outra, e sim, existe uma técnica de escrita apropriada a cada tipo de trabalho que seja feito.

Porque é importante

Agora você deve estar se perguntando: se o foco não é conversão, porque devo usar essa técnica? 

E a resposta é que por meio dessa técnica você pode facilitar a legibilidade da sua plataforma melhorando a interação entre marca e consumidor e, assim, gerar maior credibilidade para a empresa. 

Afinal, melhor que ter números de conversão, é ter clientes reais que gostam e divulgam o seu serviço.

O usuário gosta de ler e entender o que está escrito, e com a UX Wrinting a escrita fica menos acadêmica e mais popular. 

Exemplo disso é que em textos mais formais o algoritmo numérico precisa ser escrito por extenso, já nessa técnica de escrita, pode ser utilizado o próprio algoritmo para representar. 

  • Escrita formal: Vinte e dois.
  • UX Writing: 22

Ou seja, a otimização de leitura fará com que o texto tenha menos caracteres, gerenciando assim, o espaço em que o texto será veiculado, e deixando uma leitura mais dinâmica.

Quando utilizar a Ux Writing você estará fortalecendo o Tom e Voz da sua marca, ou seja, deixará sua marca na escrita fazendo com que seus clientes lembrem da sua empresa.

E uma grande marca que faz da UX writing seu forte é a Nubank. Ela vem utilizando essa técnica para cativar seus clientes, seja nos designer do seu aplicativo e até mesmo nos seus atendimentos vias chatbot.

A Nubank sabe que os seus clientes buscam por agilidade, sendo assim, eles não estão interessados em textos longos e formais.

Viu só, como a UX Writing está em grande lugares? 

Não perca essa oportunidade!

5 dicas para Ux Writing

  1. Estabeleça um objetivo claro

    Embora a ferramenta de um layout seja atraente no digital, ele não vai valer muito se o conteúdo não conter um objetivo claro. 

    Então, defina qual é o seu objetivo: captar leads, autoridade de marca, informar o cliente, agregar conhecimentos, etc.

  2. Jornada do cliente

    Saber qual é a experiência do seu cliente com o seu serviço é algo valioso. Esse monitoramento pode ser feito através dos dados  da mídia social que irão indicar detalhes dessa jornada.

    Essa análise poderá te mostrar até onde os usuários navegam na sua página, e com isso a sua equipe pode descobrir o motivo de não seguirem até o fim, e assim resolver.

  3. Tom e voz

    Ao entender as particularidades do seu usuário será mais fácil de abordá-los. Essas informações você encontrará ao construir a Tom e Voz da sua marca.

    Por isso, é de suma importância deixar definido esse ponto, pois irá amplificar o entendimento do seu redator em relação a quais termos usar, quais pontuações serão aceitas. 

  4. Utilidade

     Para que haja utilidade na sua escrita UX writing, a sua empresa precisa saber qual é a dor do seu público, o que eles buscam, onde procuram soluções e também onde eles estão no mundo digital.

    Essas referências o seu time encontra na definição de Persona, visto que, ela é a responsável de estudar os hábitos do seu cliente.

  5. Concisão

    Nos dias atuais, as pessoas têm a tendência de buscar o mais ágil, influenciando no consumo de conteúdos digitais. Logo, a nossa dica é seja breve.

    Conteúdos breves podem parecer negativo, porém a UX Writing criará curiosidades da sua empresa no seus clientes, e assim vão te consultar.

Gostou das dicas? Compartilhe esse post com a sua equipe, conhecimento compartilhado gera crescimento.

Para mais conteúdos como esse fique de olho no nosso blog e também nas nossas redes sociais!

Leave Your Comment